Conecte-se conosco




Gente

Motorista de aplicativo 99 agride mulheres após confusão com pagamento de corrida

Publicado

em

Motorista de 99 agride jovens em indaiatuba

Na noite de domingo (11), um caso de agressão de motorista de aplicativo 99 contra duas jovens agitou a noite da delegacia de polícia de Indaiatuba.

+ Motorista autônomo é preso por suspeita de tráfico de drogas em no interior de São Paulo

De acordo com informações de uma das jovens, J.C.V, de 29 anos e I.B.S, de 22 anos, pediram um carro pelo aplicativo 99 no bairro Morada do Sol. O embarque foi feito aproximadamente por volta das 21 horas.

Ao entrar no carro, as moças estavam com um copo de bebida das mãos. Já próximo ao Banco Itaú da Av. Ário Barnabé, uma das vítimas disseram que o motorista parou o carro e pediu para as duas descer e pagar a corrida. Segundo I.B.S, apenas duas quadras após o embarque, sem chegar ao destino final.

As jovens se recusaram a pagar a corrida do 99 porque não era o destino. Em decorrência, disso, de acordo com elas, o motorista desceu do carro e veio para cima de uma das duas. Ele tirou o copo da mão dela, e jogando ela para fora do carro.

Neste momento, uma das vi[ítimas conseguiu pegar a chave do carro, impedindo que ele fosse embora. Mas quando a outra vítima ainda tentava sair do carro, o motorista a pegou pela perna, arrastou para fora do carro. Além disso a segurou no cabelo e a levou para um certo ponto longo do veículo ainda arrastando.

A amiga vendo o que estava acontecendo, começou a chutar o carro. Foi quando o motorista começou a agredir a mulher, pegou a chave do carro e saiu, e tentou atropelar as duas.

Após o incidente, elas tentaram ligar para polícia e copo de bombeiros, mas não conseguiram retorno.

Assim, ela foram até a guarda municipal que tinha na mesma AV. mas não puderam ser atendidas.

Uma das jovens ligou para o pai, que pegou todos os dados do motorista pelo aplicativo e chamou a polícia de Boituva.

Ambas já tinham sido atendidas pelo pronto atendimento, e neste tempo o motorista do aplicativo acabou sendo encontrado pelos policiais.

Em seguida, as duas foram até a delegacia do centro, e lá cada um deu o seu depoimento.

Na delegacia, o motorista da 99 disse aos policiais que logo quando entraram no veículo, uma das mulheres disse que quem iria pagar a corrida era um amigo que estava no local esperando.

Desconfiado, ele parou o carro, cancelou a corrida e disse que elas poderiam descer e que nada seria cobrado.

Neste momento, ao tentar abrir a porta para que uma das jovens descesse, ele foi ameaçado com o corpo de bebida. Segundo Ele recebeu socos, tendo a chave do carro levada por elas.

Também, as jovens chutaram o carro, e após conseguir pegar a chave, ele saiu do local. Porém negou que tenha agredido as duas como citado por elas.

Diante do caso, as autoridades estão investigando a ação em busca de detalhes.

O aplicativo 99 deu todo suporte as jovens, com reembolso de remédios e atendimento hospitalar. Informou também que todas as medidas seriam providenciadas contra o motorista agressor.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Motorista de aplicativo 99 agride mulheres após confusão com pagamento de corrida
Motorista de aplicativo 99 agride mulheres após confusão com pagamento de corrida
Motorista de aplicativo 99 agride mulheres após confusão com pagamento de corrida
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gente

Baixista Bira do programa do Jô morre aos 85 anos

Bira estava internado desde a última sexta-feira (20) no Hospital Sancta Maggiore, na Mooca, Zona Leste da cidade, após sofrer um AVC.

Publicado

em

Programa do Jô perde Baixista Bira

Na manhã deste domingo (22) morreu Ubirajara Penacho dos Reis aos 85 anos. O músico que ficou famoso no Programa do Jô era mais conhecido como Bira . O falecimento do baixista foi confirmado por Ricardo Martins,. Ele é fotógrafo e amigo próximo que esteve com seus familiares, e informou que o corpo seria cremado ainda no domingo em São Paulo.

Morre Jorge Fernando, famoso diretor da TV Globo

Nascido em Salvador, na Bahia, Bira era um dos integrantes do sexteto do Programa do Jô, comandado por Jô Soares, e acompanhou toda a trajetória do apresentador durante 29 anos na televisão, tanto no SBT, no programa Jô Soares Onze e Meia, quanto na Globo. Bira ganhou o carinho do público por suas divertidas interações com Jô e sua risada cativante.

+Mulher não gosta da reforma em Fusca feita por Gugu e leva caso à justiça após sua morte

Bira estava internado desde a última sexta-feira (20) no Hospital Sancta Maggiore, na Mooca, Zona Leste da cidade, após sofrer um AVC. Nas redes sociais de Bira, um comunicado assinado pela produtora RCS Music e familiares do baixista pediu que os fãs rezassem por ele: “Venho pedir orações ao nosso querido Bira, que encontra-se hospitalizado em estado delicado. Contamos com vocês nesta corrente de orações e pensamentos positivos. Nosso muito obrigado”.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Gente

Jornalista de Santa Catarina é preso após não cumprir medida judicial

Na ação, o jornalista ficou em regime aberto por 6 meses, que logo em seguida foi convertida por restrições de direitos, que incluiria:

Publicado

em

Jornalista vai parar na cadeia

Na terça-feira (17), o jornalista de Chapecó, região de Santa Catarina, Thiago Nunes Freitas, foi preso após não cumprir medida judicial.

Segundo o Ministério Público, Thiago Nunes Freitas, de 35 anos, precisava cumprir alguns requisitos no dia a dia após ser preso em 2013 após uma blitz de trânsito constatar que ele dirigia embriagado.

Na ação, o jornalista ficou em regime aberto por 6 meses, que logo em seguida foi convertida por restrições de direitos, que incluiria:

1) Informar o endereço atualizado;

2) Não mudar do endereço sem prévia e expressa autorização do juiz;

3) Recolher-se durante o repouso noturno e nos dias de folga na Casa do Albergado ou, na eventualidade de inexistência desta, em sua residência, estando autorizado a sair no período compreendido entre às 6h e 20h, em dias úteis, para exercer atividade lícita;

4) Proibição de ausentar-se da comarca de Chapecó sem autorização do Juízo;

5) Comprovar, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, junto ao Fórum de Justiça de Chapecó — Terceira Vara Criminal (VEP), o exercício de atividade lícita, ou justificar a impossibilidade de fazê-lo, requerendo prorrogação do prazo, se for o caso;

6) Comparecer mensalmente no Fórum de Justiça de Chapecó

até o quinto dia útil de cada mês, para informar e justificar suas atividades;

7) Não frequentar bares, boates, casas de prostituição e similares, bem como abster-se de ingerir bebidas alcoólicas e não portar armas.

Mas, segundo o MP, o jornalista descumpriu as normas estabelecidas pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Chapecó, em setembro deste ano, sendo levado novamente a prisão.

Dentre as normas não cumpridas, Thiago teria ficado fora da residência no período estipulado pela justiça, saindo da cidade de Chapecó sem autorização da justiça.

Além disso, teria frequentado alguns estabelecimentos e feito uso de bebidas alcoólicas, algo que também ficou proibido na ação penal contra ele.

Em decorrência disto, o jornalista de Chapecó está preso na Penitenciária Agrícola da cidade, e aguarda os procedimentos legais.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

Gente

Causa morte de mulher encontrada no Pq. São Lourenço intriga Indaiatubanos

Publicado

em

Mulher morre no Pq são lourenço

Na manhã desta terça -feira 7, uma mulher de 47 anos foi encontrada morta dentro de casa.no Parque São Lourenço. O Corpo de Bombeiros foi acionado para ir até o Parque São Lourenço ao local, fez os primeiros atendimentos. Contudo, foi constatado de que ela já estava sem vida.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o O Corpo de Bombeiros tentou a reanimação da mulher que não voltou a vida. Ela foi levada o pronto socorro do Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc), ja morta.

+ Servidora tenta suicídio, mas é salva por pastor evangélico

O corpo logo ficará a disposição dos familiares, depois que voltar do Instituto Médico Legal (IML), em Campinas (SP), onde foi encaminhada para exames que atestem a causa da morte.

Porém, informações de bastidores dão conta que a possível causa da morte da mulher seja asfixia. Ela teria se engasgado com alimento. Outras notícias também tráz o conhecimento que esta não seria a primeira vítima de causa morte neste ano. 

O irmão da mulher fez o registro na Polícia Civil, que diz que a médica que atendeu a vítima no hospital constatou que ela chegou sem vida. Ela ja teria morrido horas antes.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

POPULARES