Conecte-se conosco




Reclame Aqui

Serviço de recapeamento mal feito pela Prefeitura no Jd. Renata intriga moradores

Publicado

em

Moradore reclama de serviço da prefeitura

A Prefeitura de Indaiatuba através dos servidores públicos, está fazendo recapeamento do asfalto no Jd. Renata e tem intrigrado os moradores do bairro pela qualidade do serviço empregado.

Segundo um morador do Jd. Renata que entrou em contato com o Indaia Mais, nesta segunda-feira 18, a Prefeitura iniciou os trabalhos de recapeamento no bairro. E nesta terça por volta das 11h da manhã, os servidores estavam na rua Guido Curti.

O que deveria ser a alegria dos moradores da rua, que conviviam com o asfalto sendo desfeito dia a após dias, se tornando buracos, acabou se tornando em desgosto. De acordo com o morador, o serviço foi feito pela metade. Aqueles que acharam que fizeram completo, foi mal feito.

" Pagamos um imposto caro e é isso que temos de volta. Basta a primeira chuva que não ficará nada no lugar. Isso é serviço que nem o mais relaxado faria", disse morador à redação.

Após a a denuncia, a redação do Indaia Mais foi averiguar e realmente estava complicado. Onde deveria não estar mais nenhum buraco já que foi feito o serviço, haviam

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reclame Aqui

Funcionária pública do posto de Saúde da Cecap trata usuários com falta de educação

Publicado

em

funcionária pública

Na manhã desta quinta-feira 19, uma paciente se deslocou até o posto de Saúde da Cecap para obter informações com a funcionária pública sobre uma consulta pré agendada, que teria sido mudada segundo o cronograma de atendimento.

Ao chegar no Posto de Saúde, a paciente notou que havia duas atendentes apenas, e mais nenhum paciente aguardando atendimento. A necessitada de informações sobre o dia da sua consulta, ficou aguardando a funcionária atendê-la. Porém, enquanto aguardava seu atendimento, sendo a única na unidade de saúde, as funcionárias públicas batiam papo.

+ Casos de sarampo aumentam e ascende o sinal de alerta na Secretária de Saúde

Conforme relatado, a paciente se cansou de aguardar o atendimento e foi até o balcão onde as atendentes estavam conversando. " Não tem ninguém para atender?", idangou a moça. "Não tem, as atendentes estão todas em reunião", respondeu a funcionária.

Após um curto diálogo entre a paciente e a servidora pública, ela resolveu verificar no sistema a informação sobre a consulta. No entanto, ela era despreparada para o serviço e não sabia operar o sistema para fazer a impressão da guia. Até que outra moça que já estava sendo atendida pelo médico foi até o balcão querendo saber do resultado de um exame para mostrar ao médico.

No entanto, com despreparo emocional, profissional para atendimento ao público, a mulher foi muito mal educada." não está vendo que estou atendendo outra", disse ela de forma ríspida.

A moça ficou sem reação, ficou apenas estática. A primeira que viu a dificuldade da servidora em operar o sistema por despreparo, e sendo mal educada, interrompeu seu atendimento para que ela desse atenção a outra.

Segundo a paciente que presenciou o caso, disse a redação do Indaia Mais, que a falta de preparo da funcionária pública, foi insignificante em relação a falta de educação.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo

POPULARES