Conecte-se conosco




Mundo

Primeiro ministro tem ex-esposa assassinada pela atual mulher Primeira-dama

Publicado

em

Primeira dama é presa pelo assassinato da ex-mulher do Primeiro ministro

A Primeira-dama e atual esposa do do Primeiro Ministro Thomas Thabane, está sendo acusa e já foi detida como suspeita do assassinato da primeira mulher do Premiê. Maesaiah Thabane foi colocada sob custódia ao retornar de viagem da África do Sul. Ela havia fugido em 10 de janeiro, para evitar uma ordem de prisão.

Homem agride esposa, foge pra casa da mãe, mas acaba preso

O crime que aconteceu em 2017. E ogo após ter prestado depoimento a Polícia, Maesaiah Thabane foi denunciada pela polícia como sendo autora do. O assassinato ocorreu dois dias antes do marido Primeiro ministro tomar posse em governo de coalizão que encerrou anos de instabilidade política no país africano.

Lipolelo, primeira mulher de Thomas Thabane, foi encurralada e morta na porta de casa onde vivia com o marido, nos arredores da capital do país, Maseru. Ela faleceu após ser atingida por diversos disparos de arma de fogo.

Atualmente o Primeiro ministro conta com idade de 80 anos. O Premiê também prestou depoimento, e uma grande crise política se instaurou no Lesoto, no sul da África. A o caso deve gerar a queda do político, que já aprovada pelo partido do qual é filiado.

inclusive, no caso eque a envolve sua atual esposa, Primeira-dama, Thomas Thabane foi acusado de ter tentado demitir o atual chefe da polícia do país, Holomo Molibeli. Segundo informações o Premiê queria atrapalhar as investigações contra a esposa.

Após a tentativa de intervir que a esposa fosse presa,  a Polícia respondeu divulgando um documento em que se revelou a existência de provas. Segundo as investigações, davam conta que foram realizadas ligações telefônicas para o número do primeiro-ministro, feitas do local do assassinato.

O conteúdo do site é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POPULARES